Notícias » Geral

 

Últimas notícias

  • 21/10 19:08 - Fraiburguense denuncia PMs por furto de celular, mas o aparelho estava em seu carro

    Continuar lendo
  • 20/10 12:49 - Conselheira Tutelar é afastada do trabalho por apresentar atestado médico falso

    Continuar lendo
  • 20/10 7:39 - PM de Fraiburgo e PM do Paraná, trocam informações, recuperam HILUX tomada de assalto e prendem envolvidos

    Continuar lendo
  • 19/10 19:42 - Veículos tomados de assalto em Fraiburgo e ação da PM termina com a recuperação de uma camionete roubada

    Continuar lendo
  • 19/10 11:09 - ADR Videira assina convênio Antigranizo com Fraiburgo

    Continuar lendo
  • 18/10 10:54 - Conselho regional em SC acata decisão que proíbe enfermeiros de solicitarem exames no SUS

    Continuar lendo
  • 18/10 10:37 - UNIARP promove Curso Essencial de Vinhos dias 10 e 11 de novembro

    Continuar lendo
  • 18/10 7:06 - Acidente entre moto e carro na SC 355

    Continuar lendo
  • 17/10 12:44 - STF confirma legalidade das regras de SC para aposentadoria especial de professor

    Continuar lendo
  • 17/10 12:41 - Placa de rua em frente ao Congresso Nacional é adulterada com crítica a políticos

    Continuar lendo

Com aquisição de camisetas ecológicas, Copercampos ajuda a retirar mais de 15 mil garrafas pet do meio ambiente

Segunda-feira, 19 de Junho de 2017 às 12:50

Mais do que reciclar, é preciso contribuir de forma simples para o bem comum. Propagar mensagens de responsabilidade social é também preservar a natureza e na Copercampos, uma ação simples de identificação e divulgação dos projetos sociais desenvolve conceitos de sustentabilidade.

Trata-se da adoção da política de aquisição de produtos ecológicos, como as camisetas distribuídas aos participantes do Projeto Social Alegria de Viver – Revelando Talentos. Desde 2012, a Copercampos adquiriu mais de 6 mil camisetas ecológicas. Para a confecção de cada camiseta, 2,5 garrafas pet que poderiam ir para o lixo, são utilizadas. Neste processo, a Copercampos auxiliou na retirada de mais de 15,5 mil garrafas pet do meio ambiente.

Com a produção de camisetas com 50% de malha ecológica, a cooperativa mantém sua missão de fazer a diferença e promover o desenvolvimento sustentável no mundo. Apenas em 2017, a cooperativa distribuiu aos participantes dos projetos, mais de 1.500 camisetas, ajudando a retirar do meio ambiente cerca de 3,2 mil garrafas pet de 2lt.

De acordo com a coordenadora dos projetos sociais na Copercampos, Luciane Batista Antunes, a contribuição ao meio ambiente pode ser vista também na execução dos projetos sociais. “Além de receber as camisetas ecológicas, os participantes conhecem todos os projetos da cooperativa para promoção e preservação do meio ambiente e participam também de campanhas direcionadas a sustentabilidade nas escolas”, informou.

No mês de maio, os participantes dos projetos receberam novas camisetas. Com o uniforme para participação nas aulas e eventos, os alunos que literalmente vestem a camisa do Alegria de Viver posaram para fotos.

As camisetas do projeto são feitas em 50% de pets e 50% de algodão, desta forma, o poliéster que seria utilizado do petróleo, é usado da garrafa e com isso, 2,5 garrafas de dois litros são tiradas do meio ambiente. As linhas feitas de garrafas pet podem durar até 15 anos. Com a produção de camisetas ecológicas todos saem ganhando - catadores, indústria de reciclagem e sociedade, que recebe um produto de qualidade-.

Saiba mais: As garrafas PET são totalmente recicláveis. As fibras são super-resistentes e maleáveis, podendo ser reaproveitadas para a confecção de fios.
Para a produção dos fios, as garrafas PET são separadas por cor, moídas e descontaminadas. Após este processo, são fundidas a 300°C para a filtragem de impurezas e, finalmente, são moldados em filamentos para a tecelagem de malhas.
As camisetas ecológicas são feitas com 50% de poliéster proveniente de garrafas PET, trançadas com 50% de algodão. O resultado é uma malha macia, resistente e confortável.

As vantagens são muitas:

- Redução do volume de lixo nos aterros sanitários e melhoria nos processos de decomposição de matérias orgânicas. O PET acaba por prejudicar a decomposição, pois impermeabiliza certas camadas de lixo, não deixando circularem gases e líquidos;

- Economia de petróleo, pois o plástico é um derivado dele;

- Economia de energia na produção de novos plásticos;

- Geração de renda e de empregos (diretos e indiretos).

 

Sobre o projeto

As oficinas do Projeto Social “Alegria de Viver – Revelando Talentos”, iniciaram na Copercampos em 2008 e desde então, diversas entidades/escolas nos municípios de Campos Novos, Brunópolis, Campo Belo do Sul e Ituporanga recebem recursos e materiais para o desenvolvimento de ações sociais. Canto da Melhor Idade, Escolinha de Futsal, projeto Dançando na Escola, Invernada Artística, Oficina de Judô, Música nas Escolas, Patinação são projetos apoiados pela Copercampos, e o Xadrez com apoio do Sescoop/SC. Em 2017, cerca de 2 mil pessoas estão sendo beneficiadas com o projeto.

 

Fonte/foto: Ascom Coopercampos 

Da redação - Lilian Ribeiro 

© ..:::Rádio Fraiburgo - Mais perto de você!:::
BRLOGIC